Pular para o conteúdo
Receba nossas notícias em seu e-mail:
Search
Close this search box.

Confira as principais diferenças entre SEFIP e GEFIP?

Você entende quais são as principais diferenças entre SEFIP e GEFIP? Saiba que ambos os sistemas são usados no Brasil para o recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o envio de informações relacionadas à Previdência Social. 

Mesmo tendo funções semelhantes, existem diferenças importantes entre eles. Por isso, elaboramos um artigo com as principais diferenças entre SEFIP e GEFIP. Vem com a gente!

O que é SEFIP?

A SEFIP (Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social). Trata-se de um sistema utilizado no Brasil para o recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e o envio de informações relacionadas à Previdência Social.

O SEFIP permite às empresas calcular e efetuar os recolhimentos do FGTS e também enviar as informações sobre a folha de pagamento, como remunerações e contribuições previdenciárias, ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). 

Essas informações são utilizadas para a manutenção do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) e para o cálculo de benefícios previdenciários, como aposentadoria e auxílio-doença.

O que é GEFIP?

A GEFIP (Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social) é um documento utilizado pelas empresas no Brasil para realizar o recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e enviar informações relacionadas à Previdência Social. 

Trata-se de uma guia eletrônica que contém dados sobre a remuneração dos trabalhadores, contribuições previdenciárias e outras informações relevantes para o cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias.

Por meio deste documento as empresas informam ao governo as remunerações pagas aos funcionários, bem como as contribuições previdenciárias e outras informações necessárias para o cálculo de benefícios e a manutenção do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

A GFIP deve ser enviada mensalmente pelos empregadores e é utilizada para o cálculo do FGTS, que é um fundo de garantia depositado mensalmente em uma conta vinculada ao trabalhador. Além disso, as informações contidas na GFIP também são utilizadas para o cálculo de benefícios previdenciários, como aposentadoria e auxílio-doença.

Qual a importância do SEFIP e da GFIP?

Tanto o SEFIP quanto a GFIP são ferramentas essenciais para as empresas cumprirem suas obrigações trabalhistas e previdenciárias no Brasil. 

A importância de ambos está relacionada a diversos aspectos, como o cumprimento legal. Isso porque, o FGTS é um direito garantido aos trabalhadores brasileiros, e o seu recolhimento é obrigatório para as empresas. 

O SEFIP e a GFIP garantem também que as empresas realizem o cálculo e o recolhimento adequado do FGTS de seus funcionários, evitando problemas legais e sanções por parte dos órgãos competentes.

Ambos os documentos são essenciais para garantir o envio das informações à Previdência Social, como dados dos trabalhadores, remunerações, movimentações contratuais, entre outros.

Essa troca de informações permite que a Previdência Social possa acompanhar e calcular os benefícios previdenciários, como a aposentadoria e o auxílio-doença.

Sem contar que o uso do SEFIP e da GFIP permite às empresas manter um controle mais efetivo sobre o recolhimento do FGTS e o envio das informações à Previdência Social. 

Essas ferramentas auxiliam na geração de relatórios, facilitando a conferência dos valores e das obrigações trabalhistas. Além disso, o envio correto das informações promove a transparência e a clareza na relação entre empregado e empregador.

A correta utilização do SEFIP e da GFIP contribui para que as empresas estejam em conformidade com as normas trabalhistas e previdenciárias. 

SEFIP e GEFIP: detalhes e diferenças

Entendendo a importância dos dois sistemas, selecionamos as principais diferenças entre eles.

A primeira delas é que o SEFIP é um sistema desenvolvido pela Caixa Econômica Federal, sendo utilizado para realizar o recolhimento do FGTS, além de enviar informações à Previdência Social, como a relação de empregados, remunerações e movimentações contratuais.

A GEFIP, por sua vez, é uma guia que acompanha o recolhimento do FGTS e as informações à Previdência Social. 

Além disso, ela é preenchida com os dados do empregado e da empresa e serve como documento comprobatório do cumprimento das obrigações trabalhistas e previdenciárias.

Outra diferença é que o SEFIP é um software que precisa ser instalado nos computadores das empresas. Ele permite a realização do cálculo e do recolhimento do FGTS, além de gerar arquivos com as informações para serem enviadas aos órgãos competentes.

Já a GEFIP é uma guia impressa, emitida pela Caixa Econômica Federal, que contém os dados do empregado e da empresa, bem como os valores a serem recolhidos. Essa guia é gerada a partir das informações preenchidas no SEFIP.

É possível observar outra diferença entre os dois sistemas. O SEFIP é utilizado pelas empresas para realizar o cálculo e o recolhimento do FGTS, bem como para enviar informações à Previdência Social, enquanto a GEFIP é usada como comprovante do recolhimento do FGTS e das informações à Previdência Social. 

Por fim, o SEFIP é atualizado periodicamente pela Caixa Econômica Federal, de acordo com as mudanças nas legislações trabalhistas e previdenciárias. As empresas precisam manter o sistema atualizado para garantir a correta prestação de informações e o recolhimento adequado do FGTS.

Enquanto isso, a GEFIP não passa por atualizações frequentes, pois é apenas a guia que acompanha o recolhimento. No entanto, é importante que as empresas verifiquem eventuais mudanças nas regras de preenchimento da guia para evitar erros ou problemas com as obrigações trabalhistas.

Quer saber mais sobre as diferenças da SEFIP e GEFIP? Confira um vídeo completo sobre o tema no nosso canal do Youtube.

Gostou do artigo? Então, continue acompanhando o nosso blog, pois trazemos dicas sobre as áreas de RH, Departamento Pessoal e Contabilidade, processos relacionados ao eSocial, além de novidades e as últimas notícias do setor.

Clique aqui e conheça todos os cursos disponíveis no Nithflix por apenas R$39,90 por mês/ plano anual

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a Nith
Olá, como podemos te ajudar?
x