Pular para o conteúdo
Receba nossas notícias em seu e-mail:
Search
Close this search box.

RF confirma o pagamento de mais um lote residual do Imposto de Renda

Leia o nosso artigo e entenda como funcionará o pagamento de mais um lote residual do Imposto de Renda!
lote residual

A Receita Federal anunciou que efetuará o pagamento de um lote residual adicional de restituição do Imposto de Renda aos contribuintes que regularizaram suas situações fiscais. A informação foi fornecida ao portal InfoMoney.

Segundo o órgão, estima-se que os valores serão distribuídos aos contribuintes contemplados até o dia 30 de novembro, conforme a prática habitual da autarquia. No entanto, as quantidades e montantes ainda não foram divulgados.

Continue lendo o nosso artigo e entenda como funcionará o pagamento de mais um lote residual do Imposto de Renda!

Por que ocorrerá mais um pagamento de lote residual?

No que tange às declarações retidas em malha, a Receita Federal passou a consolidar os registros que inicialmente apresentaram irregularidades, mas foram regularizados, especialmente após o pagamento do quinto lote.

Adicionalmente, foi lançado o Projeto Cartas pelo Fisco, no qual os contribuintes são notificados sobre a necessidade de ajustar suas declarações.

Assim, os contribuintes que aguardavam a restituição e não a receberam devem verificar se sua declaração está retida em malha, considerando que erros ou inconsistências podem resultar em multas, podendo, em casos extremos, levar a acusações por crime tributário.

Caso a Receita identifique divergências entre as informações declaradas e seus registros, notificará o contribuinte sobre a inconsistência e a pendência a ser esclarecida por meio do Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), seu sistema de atendimento eletrônico.

Nesse caso, é necessário que o contribuinte acesse a plataforma e verifique o status de processamento ou retenção de sua declaração. Além do e-CAC, a Receita utiliza a “Caixa Postal” como outro meio de comunicação para esses fins.

Vale lembrar que a Receita Federal ainda não tem informações relativas à composição desse lote e que tais detalhes serão divulgados oportunamente.

Malha fina

A Receita Federal informou que mais de 1 milhão de declarações do Imposto de Renda tiveram retenção, ou seja, caíram na temida “malha fina” neste ano. 

Segundo dados do órgão, precisamente, 1.366.778 declarações foram retidas, o que representa 3,1% do total de 43.481.995 declarações do exercício de 2023 enviadas entre março e setembro.

Dentro desse grupo de declarações retidas, 954.814 têm direito a restituição, representando 69,9% do total na malha fina. 

Outras 386.102 (28,2%) devem pagar imposto, enquanto 25.962 (1,9%) possuem saldo zero, ou seja, nem precisam pagar e também não têm direito à restituição.

Quais os motivos que levaram os contribuintes à malha fina?

Os principais motivos que levaram os contribuintes à malha fina são os seguintes:

58,1%: Erros e deduções na base de cálculo, sendo as despesas médicas o principal motivo de dedução.

28,6%: Omissão de rendimentos, tanto do titular como dos dependentes declarados.

10%: Divergências no valor de IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte) entre o que foi declarado pela fonte pagadora e o que foi declarado pela pessoa física, incluindo a falta de informação do beneficiário e divergências nos valores.

4,3%: Deduções do imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados e divergência de informações sobre pagamento de carnê-leão e/ou imposto complementar.

Gostou do artigo?

Então, continue acompanhando o nosso blog, trazemos muitas informações, que te ajudam a tirar todas as suas dúvidas sobre as áreas de RH, Departamento Pessoal e Contabilidade, processos relacionados ao eSocial, além de novidades e as últimas notícias do setor.

Já conhece os cursos da Nitflix? Clique aqui e conheça todos os cursos disponíveis no Nithflix!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a Nith
Olá, como podemos te ajudar?
x