Pular para o conteúdo
Receba nossas notícias em seu e-mail:
Search
Close this search box.

13º salário: como calcular, quem tem direito e multas para o empregador

O 13º salário, implementado no Brasil no governo de João Goulart, em 1962, por meio da Lei 4.090/62, costuma ser o mais aguardado dos salários.

O benefício, também conhecido como gratificação natalina, deve ser pago pelo empregador em duas parcelas: a primeira entre 1º de fevereiro e 30 de novembro; e a segunda até 20 de dezembro.

Cálculo do 13º salário

O cálculo do 13º salário se dá pela divisão da remuneração integral por 12 e a multiplicação do resultado pelo número de meses trabalhados.

Suponhamos que seu contrato de trabalho tenha começado no no dia 05/03/2022 sob o regime da CLT com um salário de R$5.000,00. Seguindo a regra, o cálculo do 13° salário de 2022 seria feito da seguinte forma:

  • Salário: R$5.000,00
  • Total de meses no ano: 12
  • Total de meses trabalhados: 9
  • R$5.000,00 ÷ 12 X 9 = R$3.750,00 de gratificação.

Outras parcelas de natureza salarial, como horas extras, adicionais (noturno, de insalubridade e de periculosidade) e comissões também entram nesse cálculo.

Quem tem direito a receber o 13° salário?

Por lei, caso você seja um trabalhador doméstico, rural, urbano ou avulso, contratado por regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), você tem direito a receber o 13° salário.

Aposentados e pensionistas do INSS também recebem a gratificação.

Para que você receba a garantia, é necessário que esteja atuando na empresa, no mínimo, quinze dias com carteira assinada.

Caso ocorra o encerramento do contrato de trabalho é reservada a garantia do 13° salário proporcional, exceto se a extinção do contrato tenha sido por justa causa.

Além da demissão por justa causa, outro ponto importante é que o empregado que tiver mais de 15 faltas não justificadas no mês poderá ter descontado de seu 13º salário a fração de 1/12 avos relativa ao período.

O que mais o empregado precisa saber sobre o 13º?

A primeira parcela do 13° salário pode ser recebida por ocasião das férias. Neste caso, o empregado deve solicitar o adiantamento por escrito ao empregador até janeiro do respectivo ano.

Além disso, o 13° salário pode ser pago por ocasião da extinção do contrato de trabalho, seja esta pelo término do contrato, quando firmado por prazo determinado, por pedido de demissão ou por dispensa, mesmo ocorrendo antes do mês de dezembro.

E como já trouxemos, mas é sempre bom relembrar, o empregado dispensado por justa causa não tem direito ao 13° salário.

A base de cálculo do 13° salário é o salário bruto, sem deduções ou adiantamentos, devido no mês de dezembro do ano em curso ou, no caso de dispensa, o do mês do acerto da rescisão contratual.

Multas para o empregador

Se a data limite para o pagamento do 13° salário cair em domingo ou feriado, o empregador deve antecipá-lo. Se não o fizer, está sujeito a multa.

O empregador também estará sujeito a multa se pagar o 13° salário em apenas uma parcela.

O empregador não tem a obrigação de pagar a todos os empregados no mesmo mês, mas precisa respeitar o prazo legal para o pagamento do 13° salário, entre fevereiro e novembro.

DCTFWeb Anual do 13º

Neste ano de 2022, teremos a DCTFWeb Anual do 13º salário gerando o DARF Previdenciário no lugar da SEFIP. Por conta disso, não se faz mais necessário o envio da SEFIP do 13º.

O prazo da DCTFWeb anual relativa à Gratificação Natalina (13º Salário) é até o dia 20 de dezembro de cada exercício, portanto, em 2022, este prazo termina em 20/12/2022.

Gostou artigo?

Quer ter na ponta da língua tudo sobre a área trabalhista, previdenciária, contábil e fiscal? Vem pro Nithflix.

Clique aqui e conheça todos os cursos disponíveis no Nithflix por apenas R$39,90 por mês/ plano anual

Nithflix é a plataforma de educação trabalhista e contábil mais completa do Brasil. Possui mais de 80 cursos, todos com certificado, com acesso a suporte, materiais, lives e fóruns, por apenas R$39,90 por mês/plano anual.

Além disso, todo o conteúdo disponibilizado é atualizado constantemente conforme as mudanças de legislação, assim o usuário fica informado imediatamente.

O Nithflix possui também a Consultoria Online de DP e eSocial, uma Consultoria da área trabalhista com perguntas ilimitadas, sigilosas e com respostas rápidas e certeiras.

Tudo para que você seja um profissional completo, disputado e reconhecido no mercado de trabalho.

Dentre os cursos já disponíveis, todos com certificado de participação, temos, dentro da nossa plataforma, o Curso Departamento Pessoal do Zero.

Através dele, torne-se referência no DP e conquiste sucesso, mesmo que ainda não tenha experiência. Você vai aprender na prática, começando do básico, as principais rotinas do Departamento Pessoal para se tornar um profissional de destaque.

Confira abaixo os módulos do curso Departamento Pessoal do Zero dentro do Nithflix:

Experimente sem compromisso por 7 dias, clique aqui e conheça todos os cursos disponíveis no Nithflix por apenas R$39,90 por mês/ plano anual

Leia também:

eSocial: fim do login por código de acesso será realizado por fases

Contrato de trabalho intermitente: o que significa e como funciona

Conectividade Social ICP v2: decifrando o programa da Caixa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale com a Nith
Olá, como podemos te ajudar?
x